Cirurgias Conservadora para Câncer de Mama

A remoção do nódulo na mama pode ser feito através de dois tipos de cirurgias conservadoras: a setorectomia e a quandrantectomia. Após o diagnóstico de câncer de mama realizada por uma biópsia na mama, devemos programar o tratamento cirúrgico da paciente. O objetivo do procedimento cirúrgico é remover o nódulo e algum tecido saudável ao redor do tumor, para que se tenha certeza que toda a doença foi totalmente removida.

A grande diferença entre essas duas cirurgias conservadoras e simples. Quando realizamos a setorectomia de mama apenas retiramos o nódulo e o tecido envolta dele. A quadrantectomia tende ser uma cirurgia mais extensa, pois além da retira do nódulo e do tecido envolta do câncer de mama existe a necessidade da retirada da pele da mama sobre o tumor

Os riscos desse tipo de cirurgia

Todas as cirurgias da mama podem riscos como:  sangramento, infecção, reação alérgica a medicamentos prescritos, sangramentos, hematomas, alterações de cicatrização como cicatrizes hipertróficas e queloide e dor local.

Após a cirurgia de remoção de um câncer de mama, seu seio e a região axilar poderá ficar com uma sensação dormente. O formato da sua mama também pode mudar, ficando menor e pode existir uma sensibilidade e inchaço temporário após a cirurgia.

Por que é necessário realizar a cirurgia de mama?

A remoção do nódulo mamário é realizada para evitar que um câncer de mama se espalhe para outras partes do corpo. Muitos médicos, se possível, preferem a realização de cirurgia conservadora a mastectomia (retirada total da mama). Uma setorectomia/quadrantectomia é menos invasiva que toda a remoção da mama. Nesse tipo de cirurgia, o mastologista retira apenas uma parte da mama, diminuindo a chance de defeitos estéticos grandes e preservando a grande parte da sensibilidade da mama. Isso permite uma melhor simetria com a mama oposta. Toda paciente submetida a uma cirurgia conservadora necessita realizar com tratamento complementar radioterapia.  A radioterapia mata qualquer célula que possa ter ficado na mama.

Como se preparar para uma cirurgia conservadora?

Antes da cirurgia, você terá várias consultas com seu médico. Isso incluirá exames físicos, de imagens como mamografia e ultrassonografia de mamas, além de exames pré-operatórios. O objetivo é determinar o tamanho, forma e tipo do tumor além de saber se você esta apta para a realização da cirurgia. Com os exames em mãos você agendara uma consulta com seu mastologista. Durante esta reunião, informe o seu cirurgião sobre quaisquer alergias e medicamentos que você tome, incluindo medicamentos e suplementos vendidos sem receita. Traga uma lista de perguntas para o seu médico. Você pode trazer um amigo ou membro da família para fazer anotações. Também pode ser útil trazer alguém com você no dia da sua cirurgia. Um acompanhante pode fornecer suporte, ouvir todas as instruções após a cirurgia e te levar de volta para casa. Se ninguém estiver disponível para ficar com você, converse com seu médico sobre formas alternativas de obter ajuda.

Como é realizada a cirurgia conservadora?

Antes da cirurgia, você veste uma roupa de hospital e recebe anestesia. Nas cirurgias da mama a anestesia geral é a anestesia mais utilizada e segura. Se você receber anestesia geral, ficará em um sono indolor durante todo o procedimento.

Seu cirurgião começará localizando o tumor. Durante sua biópsia, seu cirurgião pode ter colocado um marcador ou clipe de metal próximo ao local, se o nódulo não for palpável. Nesse caso, um fio fino será usado para localizar o clipe ou poder ser utilizado um método radioguiado para a localização do nódulo. Esses dois métodos ajudam a guiar o cirurgião para a localização exata do tumor. Seu cirurgião removerá o tumor e algumas células saudáveis ​​ao redor do tumor. Isso garante que todo o tumor seja removido. O nódulo é então enviado para um laboratório para uma análise detalhada.

Durante a cirurgia, seu médico pode remover os linfonodos de debaixo do braço. Eles serão testados para ver se o câncer se espalhou para a região axilar. Após a remoção bem-sucedida do tumor e de qualquer linfonodo, a incisão será fechada com pontos e enfaixada.

Após a remoção no nódulo mamário?

Após o procedimento, você irá para a sala de recuperação. Seus sinais vitais serão monitorados enquanto você acorda da anestesia. Quando você acorda, pode esperar alguma dor na área da incisão. Você receberá remédio para a dor. Às vezes, dependendo da extensão da cirurgia realizada, existe a necessidade de colocação de um dreno, para que nenhum tipo de líquido (sangue ou seroma) colete no local cirúrgico. Você será orientada como manusear o dreno em casa.

Nas semanas após a cirurgia, você precisará restringir suas atividades. Leva algum tempo para se recuperar. É importante seguir as instruções do seu médico para cuidar após a cirurgia.

Você precisará cuidar da incisão em casa. Os pontos podem se dissolver por conta própria ou o seu médico os removerá durante uma consulta de acompanhamento. A radioterapia geralmente começa algumas semanas após o procedimento, quando a cicatrização da paciente está completa.

Tipos de Cirurgias

Radicais (Mastectomias)

Ao tratar cirurgicamente pacientes com câncer, o objetivo principal do mastologista é remover o máximo possível de câncer. Por esse motivo, se você tiver câncer de mama, os médicos podem recomendar uma mastectomia radical modificada (MRM).

A mastectomia radical modificada é um procedimento que remove toda a mama – incluindo a pele, tecido mamário, aréola e mamilo – junto com a maioria dos gânglios linfáticos das axilas. No entanto, os músculos do peito permanecem intactos.

SAIBA MAIS

Cirurgias axilares para câncer de mama (BLS / Linfonodectomia axilar)

Se você tiver câncer de mama invasivo, o mastologista provavelmente removerá alguns dos gânglios linfáticos debaixo do braço durante a cirurgia na mama. Examinar seus linfonodos ajuda seus médicos a descobrir a extensão do envolvimento do câncer (se ocorreu disseminação para a região axilar. Quando o câncer de mama atinge o sistema linfático axilar existe um risco aumentado de células cancerígenas estarem circulando em outras partes do corpo.

SAIBA MAIS

Entre em contato conosco

Envie sua mensagem, dúvida, sugestão. Responderemos assim que possível.

Open chat
1
Olá, como posso te ajudar?