Estadiamento Câncer de Mama

Quando o câncer de mama é diagnosticado pela primeira vez, também é atribuído a ele um estágio. O estágio se refere ao tamanho do tumor e até onde ele se espalhou.

Os médicos usam uma variedade de testes para descobrir o estágio do câncer de mama. Estes podem incluir exames de imagem, como tomografia computadorizada, ressonância magnética, ultra-som e raios-X, bem como exames de sangue e uma biópsia do tecido mamário afetado.

Para entender melhor o diagnóstico e as opções de tratamento, você deve saber em que estágio está o câncer.

  • Estadiamento do câncer de mama

O processo de estadiamento determina se o câncer se espalhou da mama para outras partes do corpo, como os gânglios linfáticos ou os principais órgãos. O sistema mais comumente usado é TNM.No sistema de estadiamento TNM, os cânceres são classificados com base em seus estágios T, N e M:

  • T indica o tamanho do tumor e até onde ele se espalhou no seio e nas áreas próximas.
  • N significa quanto se espalhou para os gânglios linfáticos.
  • M define metástase ou quanto se espalhou para órgãos distantes.

No estadiamento TNM, cada letra é associada a um número para explicar até onde o câncer progrediu. Depois que o TNM tiver sido determinado, essas informações serão combinadas em um processo chamado “agrupamento de estágios”. O agrupamento de estágios é o método de estadiamento comum em que os estágios variam de 0 a 4. Quanto menor o número, mais precoce é o estágio do câncer.

    • Estágio 0

Esta fase descreve o câncer de mama não invasivo. Este tipo de câncer é denomina “in situ”. O carcinoma ductal in situ (DCIS) é um exemplo de câncer de estágio 0. No CDIS, as células pré-cancerosas podem ter começado a se formar, mas não se espalharam para além dos dutos de leite.

O carcinoma ductal in situ de mama é uma forma muito inicial de neoplasia em que as células com características malignas não invadem a membrana basal subepitelial. Por isso, não atinge veias e linfáticos, não dá metástases e pode ser considerado como um pré-carcinoma. Antes considerado raro, o carcinoma ductal in situ assumiu hoje grande importância na prática clínica diária. Com o emprego mais difundido do rastreamento mamográfico, o carcinoma ductal in situ corresponde a 10 a 30% dos casos de câncer de mama tratados nos serviços de mastologia.Estima-se em 30% a chance de um o carcinoma ductal in situ não tratado evoluir para um lesão infiltrativa após 10 anos.

    • Estágio I

Este estágio marca a primeira identificação do câncer de mama invasivo. Neste ponto, o tumor mede não mais de 2 centímetros de diâmetro. Esses cânceres de mama são subdivididos em duas categorias (IA e IB) com base em vários critérios. O estágio IA significa que o tumor tem 2 centímetros ou menos e que o câncer não se espalhou para fora do seio. O estagio IB significa que pequenos aglomerados de células de câncer de mama são encontrados nos gânglios linfáticos. Normalmente, nesta fase, não é encontrado nenhum tumor discreto na mama ou o tumor é de até 2 centímetros.

    • Estágio II

Esta etapa descreve os cânceres de mama em que uma das seguintes afirmações é verdadeira:

  • O tumor mede menos de 2 centímetros, mas se espalhou para os gânglios linfáticos do braço.
  • O tumor está entre 2 e 5 centímetros e pode ou não ter se espalhado para os linfonodos.
  • O tumor tem mais de 5 centímetros, mas não se espalhou para nenhum linfonodo.
  • Nenhum tumor é encontrado no seio, mas o câncer de mama com mais de 2 milímetros é encontrado em 1 a 3 linfonodos

O câncer de mama no estágio 2 é dividido em estágio IIA e IIB. No estágio IIA, o tumor é menor que 2 centímetros. O câncer pode ser encontrado nos gânglios linfáticos, neste momento, ou o tumor está entre 2 e 5 cm e o câncer não se espalhou para os gânglios linfáticos. No estágio 2B, o tumor pode está entre 2 e 5cm e células de câncer de mama são encontradas nos linfonodos, ou o tumor pode ser maior que 5 centímetros, mas o câncer não se espalhou para os linfonodos .

    • Estágio III

Os cânceres de estágio III está além do tecido mamário e áreas adjacentes. O estágio III é divido em IIIA, IIB E IIIB. Os tumores da Fase IIIA são maiores que 5 centímetros e se espalharam de um a três linfonodos , ou são de qualquer tamanho e se espalharam em múltiplos linfonodos. Um tumor de estágio IIIB de qualquer tamanho se espalhou para os tecidos próximos ao seio – os músculos da pele e do peito – e pode ter se espalhado para os nódulos linfáticos no seio ou sob o braço. O câncer de estágio IIIC é um tumor de qualquer tamanho que se espalhou:

  • a 10 ou mais linfonodos sob o braço
  • para os gânglios linfáticos acima ou abaixo da clavícula e perto do pescoço, no mesmo lado do corpo que a mama afetada

    • Estágio IV

O estágio IV do câncer de mama se espalhou para partes distantes do corpo, como os pulmões, fígado, ossos ou cérebro. Nesse estágio, o câncer é considerado avançado. O câncer não é mais curável porque os principais órgãos estão sendo afetados. Mas ainda existem tratamentos que podem ajudar a melhorar e manter uma boa qualidade de vida.

Temas frequentes

Biopsias de Mama

A biópsia da mama é um procedimento médico simples no qual uma amostra de tecido mamário é removida e enviada para um laboratório para teste. A biópsia da mama é a melhor maneira de avaliar se um nódulo suspeito . É importante lembrar que os nódulos mamários nem sempre são câncer.

SAIBA MAIS

Recebendo a notícia e gerenciando medos de câncer de mama

Tantas mulheres que você conhece podem ter tido câncer de mama – amiga e vizinhas, colegas de trabalho, parentes. Parece que toda vez que você se vira, o câncer de mama é notícia no jornal ou na TV. Você pode estar com medo de desenvolver câncer de mama pela primeira vez ou de receber um diagnóstico após uma mamografia. Se você já teve câncer de mama, pode ter medo de uma possível recorrência ou mesmo da possibilidade de que o câncer de mama possa tirar sua vida.

SAIBA MAIS

Tipos de tumores

Já se sabe que o câncer de mama não é uma única doença e, sim um conjunto de enfermidades que tem em comum a presença da célula maligna originada da mama. Por essa razão, procuramos realizar uma classificação dos diferentes tipos de câncer, para traçarmos melhores estratégias de tratamento para cada doença.

SAIBA MAIS

Open chat
1
Olá, como posso te ajudar?